E-mail:   Senha:

 

Esqueceu sua senha?

Home Quem Somos Caminhadas Fotos Informativos Dicas Links Contato

Informativos

 
Resenha da Caminhada e Rapel Vov Lcia

 RESENHA VOVÓ LÚCIA

Por : Antônio Falcão

A receita de sucesso desta caminhada foi mesclar o desafio de caminhar por uma via férrea, dar um refresco numa estrada vicinal e  por fim encarar uma descida de rapel pelos 40 metros da cachoeira Vovó Lúcia. Para quem achou que bastava a emoção dos trilhos, uma tarde de mergulho nas águas da primeira queda da cachoeira. Ou seja teve de tudo um pouco.

Este mix de atividades atraiu um contingente animadíssimo de  43  andarilhos que compartilharam conosco toda sua energia. A chegada na bela Estação Ferroviária de Matilde se deu rigorosamente no horário, mostrando o comprometimento de todos com o sucesso do evento.

 Com uma turma disciplinada, foi fácil executar os procedimentos que antecedem a caminhada, com destaque para a distribuição das sacolinhas “Fome Zero” e a tão necessária preleção. Foram abordados os aspectos de segurança quando se caminha sobre trilhos e num rapel de cachoeira. A última etapa pré caminhada foi a sempre divertida seção de fotos do grupo e a saudação aos novatos, que vieram em grande número.

O dia ensolarado abrilhantou mais ainda o espetáculo da massa andarilha se deslocando pelos trilhos em meio a abundante vegetação da região. A turma seguia encantada com o cenário, fato comprovado pelas inúmeras paradas para fotos.

Numa breve parada para descanso e reagrupamento, o encontro com uma pequena composição tripulada pela equipe de manutenção foi de puro divertimento, com saudações de ambas as partes.

Um pouco mais a frente, a passagem pelo primeiro pontilhão aumentou um pouco a adrenalina de uma caminhada tranquila, pois pisar nos dormentes vendo o fundo do vale lá em baixo provoca emoções que vão do desprezo ao pânico, passando pela pura apreensão de se cair no vazio. Mas tudo bem, o grupo passou tranquilo e logo após o clima ameno voltou a reinar. Isso não durou muito, pois um segundo pontilhão, mais longo e com dormentes em pior estado de conservação foi transposto com extremo cuidado por todos.

O percurso até a Estação de Ibitirui é belíssimo, e numa das inúmeras curvas é possível avistar ao longe a nossa desejada Cachoeira Vovó Lúcia. Na estação tivemos um tempo maior para descanso, já que o trajeto agora seria pelas ruas do vilarejo antes de se pegar a estrada vicinal até a cachoeira.

A passagem por Ibitirui, com sua belas casas e ruas bem limpas, foi rápida, afinal té um povoado bem pequeno e habitado por cerca de 800 moradores. Muitos deles estavam reunidos na Igreja para comemoração do Domingo de Ramos, que marca o início da Semana Santa.

Percorrer os cerca de 3 quilômetros que separam a Vila da cachoeira é divertido pois a via é bem larga, plana, com belas propriedades e um lago no final.

O impacto da chegada na cachoeira é dos melhores, pois num verdadeiro capricho  da natureza a divide em duas quedas: uma menor com um grande remanso que forma uma piscina apropriada para um banho e outro vertical de 40 metros ideal para o tão desejado rapel.

O grupo foi logo se divertindo na grande piscina, enquanto rolavam os preparativos da ancoragem das cordas do rapel, para os 20 animados participantes desta atividade.

O rapel na segunda queda da Vovó Lúcia é emocionante. Começa pela visão privilegiada do entorno, com vales de um verde exuberante com o grosso veu de água em primeiro plano. Se assim já é bonito, imagina a sensação de quem desce o paredão apreciando esta paisagem.

E de  dois em dois todos desceram com o grande final, que foi o mergulho nas águas fundas da base da cachoeira até a segurança da margem, complemente equipados com capacetes, bauldrier e calçados. Esta última parte foi diversão garantida tanto para os encharcados participantes quanto para a plateia que aproveitava para tirar ótimas fotos.

O encerramento deste dia tão movimentado se deu as margens da cachoeira superior com a degustação de deliciosos petiscos e uma cerveja bem gelada.

Agradeço a todos pela amável companhia, esperando revê los no dia 07 de maio no Caminho Mapa das Américas em Marechal Floriano.

Grande abraço

 

 
 
< Voltar
 
 

Copyright - Todos os direitos reservados - www.andarilhos.org